Filme: A culpa é das estrelas

   Sim, meu primeiro post de volta será sobre A Culpa é das Estrelas! haha

   Antes, só para não fingir que não sumi por meses, vou me explicar. A faculdade começo, eu estava acordando cedo demais e chegando em um horário que só dava tempo de estudar e ir dormir, ainda comecei a dar monitoria no curso de inglês, ou seja, fiquei sem tempo para o blog  :( Fiquei chateada por ter que “abandonar” o Manias Incontroláveis, mas não tinha muita escolha, né? Agora estou praticamente de férias e resolvi voltar para cá como já era de se esperar! Juro que vou fazer de tudo para manter mesmo depois das férias, nem que seja com o número de posts reduzidos.

   Agora voltando para o assunto do post: o que foi esse filme??? Gente, simplesmente maravilhoso! Obviamente sou muito suspeita para falar, mas eu me encantei demais com o filme, superou todas as minhas espectativas e no meio de tanta gente chorando no cinema eu estava feliz por eles não terem estragado a minha história preferida! haha

   Eu gostei muito mesmo do filme e indico para o pessoal que curte esse estilo. Porém, não quis fazer o post só para deixar minha opinião, e sim para dizer quais foram as minhas cenas favoritas! Prometo tentar não liberar tanto spoiler. Bora lá?
   Me apaixonei por todas as cenas que acontecem em Amsterdam! Desde o momento que eles começam a cogitar a possibilidade de viajar até a concretização desse sonho da Hazel, eu fiquei encantada. O Gus é um show a parte, lindo e incrivelmente romântico. A riqueza de detalhes do filme e a forma como está seguindo quase que fielmente o livro é de fazer qualquer fã feliz! Foram poucas as partes cortadas do livro, e essas não eram essenciais para que a história fluísse, ou seja, o filme foi retratado muitíssimo bem.
   Certamente, por ter a história que tem, o filme também tem muitos momentos tristes, que foram bem emocionantes. As conversas de Hazel e Gus e as últimas cenas do filme são de cortar o coração, e o pré-funeral foi o mais tocante pra mim. Era a parte do livro que eu mais gostava e no filme eu também gostei muito... foi tão lindo, gente rs. E por mais triste que seja o filme, ele passa uma mensagem bem legal. Na hora que você sai do cinema, você só quer ficar perto e abraçar as pessoas que você ama... além de que a história ensina que por mais tensa que esteja a sua vida, ainda dá para sorrir, se divertir, amar, sonhar e principalmente correr atrás dos seus sonhos.
   Ah, o filme tem umas cenas bem engraçadas também! Dá para dar algumas risadas em meio as lágrimas ;)

   Bom, o post ficou meio longo, eu sei, mas não consegui me controlar!
   Espero que tenham gostado!
   Beeeeeijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário