Resenha: O preço de uma lição

   Hoje finalmente trouxe a resenha do livro O preço de uma lição \o/
   Ele foi lançado em 2011 pela editora Novo Conceito e tem como autores o Federico Devito, que vocês devem conhecer, já que ele foi um dos colírios Capricho, e o Gutti Mendonça. O livro é baseado em histórias reais vividas pelos dois escritores que, unidas, se tornaram a vida do personagem sem nome; SIM, o personagem principal não tem nome. Vamos ler a sinopse: 
Os meninos são, sim, capazes de amar.'Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram.'
Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções.O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que – ao contrário do que dizem algumas garotas – os meninos são, sim, capazes de amar.Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço? Acompanhe a jornada de um jovem, transformado pelo amor, à procura dessas respostas.
   O livro narra por suas 366 páginas a vida do personagem principal, desde sua infância até os seus 22 anos, falando sobre amizades, família e namoros. Pelas descrições dele, ele era o cara perfeito, que toda garota se apaixonava, e achei o personagem até meio convencido por ficar citando isso o tempo inteiro, mas o seu grande defeito era partir o coração de todas as meninas que se apaixonavam por ele. Inicialmente, o livro vai contando todos os seus casos inicias com as meninas, como eles acabaram e como as meninas ficavam mesmo depois do término, insistindo para voltar (achei isso meio desnecessário).
   Até que, em uma festa com os amigos, mesmo estando acompanhado com outra garota, ele conhece Juliana e se encanta de cara por ela. Eles começam a namorar mesmo ele tendo 20 anos e ela 15, e morando em cidades diferentes. O livro faz parecer que esse namoro mudou o personagem, já que ele se dedica dia e noite ao namoro, fazendo de tudo por Juliana. Porém, como nem tudo são flores, e por esse ser o primeiro relacionamento de Juliana, as coisas começam a ficar meio complicadas.
   Não quero dar spoiler, ou contar a história toda. Então, resumindo, acredito que nesse momento o personagem acaba agindo de uma forma um tanto quanto infantil, parecendo muitas vezes (para não dizer sempre) mais infantil que Juliana.
   Acredito que o final que o personagem atingiu tenha estragado a história para mim. Sei que esse foi o intuito, já que o objetivo era dar uma lição (referência ao nome do livro), mas não sei se gostei.
   Achei que a explicação do final fez eu gostar um pouco mais do livro, já que fez sentido para mim ter tantos detalhes que eu antes de ler tudo considerava desnecessário.
   Finalizando, acho que o livro é bem razoável, não se tornou o meu favorito e não sei se pegaria ele para ler mais vezes, mas acho que se você gosta desse estilo de livro que fala sobre romances adolescentes, vale a pena dar uma lida.
   Espero que tenham gostado.
   Um beijo!

2 comentários:

  1. Pela sua resenha acho que não gostaria... achei um tantinho infantil...

    http://corujicesnomundo.com.br

    ResponderExcluir